quarta-feira, 14 de agosto de 2013

reganho de peso após a cirurgia bariátrica ???

Epaaaaa peraiiii ????? Se já tem como tratar o reganho de peso especificamente para quem fez cirurgia, isso significa que já é estudado a tempos . Então tem como dar errado se o caso for de compulsão ? tsc...tsc...



Se houver reganho de peso após a cirurgia bariátrica, o que fazer?

Estudos revelaram que alguns pacientes que fazem a cirurgia bariátrica (gastroplastia) podem recuperar algum peso caso não sigam as recomendações médicas. Dentre os fatores que ocasionam esse reganho de peso podemos citar: a compulsão alimentar ligada à ansiedade que causa a dilatação do estômago já operado. Uma observação importante é que o ganho de até 10% do peso perdido após dois anos de cirurgia é considerado normal.
Sedentarismo, ingestão de alimentos calóricos como doces- que não saciam a fome, ‘beliscar’ e ingerir bebidas alcoólicas, são fatores que só favorecem o ganho de peso.
Mas o que fazer quando isso acontece?
Uma alternativa é a aplicação de Plasma de Argônio, uma espécie de raio laser. O objetivo desse procedimento é diminuir a anastomose, região onde o alimento passa, que sai do estômago para o intestino, reduzindo assim a fome do paciente, que fica saciado por mais tempo. São realizadas no mínimo, três sessões, com intervalos de seis a oito semanas entre cada uma delas. É um procedimento ambulatorial, o paciente não precisa ficar internado no hospital, recebe alta logo que acorda da anestesia. A vantagem dessa alternativa é a não necessidade de uma nova cirurgia, mas não se deve esquecer que ter o acompanhamento da equipe multidisciplinar é essencial. Composta pelo cirurgião bariátrico, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e, endocrinologista; esses profissionais dão suporte e apoio ao paciente para obtenção do sucesso nos resultados.
Outra alternativa é realizar um procedimento chamado Stomaphyx, procedimento que só pode ser feito para pacientes que já foram operados através do procedimento Bypass gástrico em Y de Roux ou Fobi Capella. É uma técnica feita por meio da endoscopia. É menos dolorosa, tem cicatrização mais rápida, baixa taxa de complicação, sem incisões e cicatrizes. Mesmo sendo via endoscópica, o paciente precisa ser internado, pois a anestesia é geral.
Como o procedimento é realizado: um endoscópio flexível é introduzido pela boca até o estômago. Nele é transportado uma câmera de fibra ótica e uma ferramenta tubular cirúrgica. O tecido do estômago é puxado por sucção pelo aparelho, e em torno de 35 prendedores em formato de “H”, são colocados estrategicamente da parede do estômago para criar pregas nos tecidos e reduzir o tamanho do órgão.
Após a escolha de qualquer um desses procedimentos, o acompanhamento do paciente com um psicólogo ou psiquiatra é muito importante. O tratamento da ansiedade é um grande passo. E como sempre, lembrar de realizar atividades físicas e procurar ter uma boa alimentação é imprescindível para o não reganho de peso.
Equipe Dr. Thales Delmondes Galvão
Leia na integra aqui

Não gostei...
By Val...


2 comentários:

  1. Tenho 7 anos de operada e foram 60 kg eliminados e infelizmente tive um Reganho de Peso de 13 kg. Gostaria de convidar a todos para participar deste grupo que fala sobre este novo procedimento "Plasma de Argônio".
    https://www.facebook.com/groups/477324705713562/
    https://www.facebook.com/argoniobesidade?ref=hl
    https://www.facebook.com/groups/184599885074820/
    Com a primeira aplicação - 10 kg, e a segunda semana pós segunda aplicação - 3 kg!!!

    ResponderExcluir
  2. Oie Vivianne, obrigada pelo convite ! Já estou indo lá ver ok... bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu recadinho ! grata.... =)